Quer Viajar Comigo?

CAM00245

Desde março deste ano estou realizando uma residência artística no NECITRA e gostaria de compartilhar minhas descobertas e impressões acerca do andamento do processo até aqui, de modo a dar continuidade a minha pesquisa acerca de diferentes usos das novas tecnologias na cena contemporânea. Ora, as novas mídias foram assunto de meu mestrado no PPGAC -UFRGS e de buscas que realizei como artista e também como professora, e incluem atividades criativas em diferentes salas de ensaio, tanto do Núcleo Constantin, grupo que fundei em 2008, como das salas de ensaio de minhas turmas em Caxias, da Cia do Carvão de Arroio dos Ratos, bem como dos alunos que orientei na UFRGS e de minhas turmas de alunos regulares no ano de 2013 em que atuei como professora-substituta no Departamento de Arte Dramática da UFRGS. Minha  pesquisa iniciou-se pelo interesse na mídia audiovisual, mas neste momento, tenho me voltado  pelo trabalho com a mídia sonora, pois entendo que ainda há muito que se explorar neste campo específico.

Também é importante registrar que desde que me retirei voluntariamente do circuito tradicional das artes cênicas em Porto Alegre, sem ter que montar espetáculos voltados para um resultado de produção imediato, pude pesquisar com mais liberdade. Depois de trabalhar por trinta anos nas artes cênicas, resolvi que quero ir além do que aprendi e por isso, estou as voltas com o que não sei e nunca fiz: um trabalho com não-atores usando como interface players de mídia sonora que sugerem aos participantes realizarem certas tarefas, enquanto se deslocam pelo espaço formado por recantos que chamei de Estações. Zapping- Instantâneos do Corpo, é um espetáculo que pode ser entendido como uma instalação e participa do Desdobramentos em 07 e 08 de Junho/2014 e se dá numa sala onde o público vai receber fones e algumas indicações que ao serem realizadas, constituem o espetáculo em si. A montagem tem como principal referência o trabalho de Stefan Kaeggi do grupo alemão Rimini Protokoll

http://www.rimini-protokoll.de/website/en/about_sk.html
Este grupo trabalha com não-atores em espaços não-teatrais como shopping-centers, ruas, avenidas, praças, museus, sem que se reserve um espaço para o acontecimento teatral. A ação das encenações de Kaeggi se dá inclusive pela participação dos próprios frequentadores destes locais , e por meio de uma bem traçado roteiro de ações, faz conviver realidade e ficção, sem que os presentes saibam   ao certo o que está sendo encenado e o que é a força da vida real em seu implacável cotidiano.
Por ser para mim uma experiência nova, considero que é uma empreitada de coragem construir Zapping- Instantâneos do Corpo, pois não ensaio com os atores como sempre fiz ao longo de minha carreira de artista-criadora em teatro. Dessa maneira, fico escrevendo e reescrevendo roteiros de ações, juntando trilhas sonoras, tentando prever que isto ou aquilo poderá acontecer com a “plateia-artista”. Mas o espaço para o imprevisto, o impensado, o imponderável está lá, e tem seu lugar garantido, e esta é minha única certeza. De sorte que conto com a participação de Nayara Brito, artista do NECITRA que carinhosamente topou meu convite e divide comigo a autoria deste roteiro maluco para nossos convidados viajarem.

De modo que, ao aceitarem o percurso por entre as estações, nossos participantes convidados se tornam cúmplices ou testemunhas de uma jornada que marca também minha participação no NECITRA – casa nova, nova proposta, e um arrepio bom. Fico ansiosa por saber quem serão nossos atores, elenco surpresa que será formado pela plateia que lá estiver: público do NECITRA, amigos, colegas e tanta gente mais. De fato, estou me preparando para algo que só acontecerá se as pessoas atenderem a meu apelo e aparecerem por lá. Portanto, esta postagem é também um convite para o novo, o novo para mim e para aqueles que aceitarem desempenhar o papel de meus cúmplices ou minhas testemunhas, mas acima de tudo, meus companheiros durante esta viagem. Em breve mais notícias dessa jornada.

Um comentário em “Quer Viajar Comigo?

Deixe uma resposta