Nem só de Powermoves é feito o Break Dance!

Fala galera!

Não sei se já contei para vocês… mas sou um viciado em assistir vídeos no Youtube!
Volta e meia acho algo inspirador, diferente e até bizarro para compartilhar no meu blog (www.psicozone.com), mas hoje vim postar algo exclusivamente para vocês, leitores do nosso blog do Necitra!

Como eu ia dizendo, assisto muitos vídeos no Youtube, sendo a grande maioria relacionados com acrobacias. Então Parkour, Brek Dance, Capoeira, Ginástica Olímpica e Circo estão sempre entre os temas. Massss… eu sempre acabo me apaixonando pela acrobacia e, aos poucos, quando me dou conta estou apaixonado por toda a arte!

Querem um exemplo? Capoeira! Iniciei na capoeira por causa das acrobacias! Depois tomei gosto por jogar, por aprimorar os chutes, de conseguir encaixar uma queda no jogo, tocar os instrumentos, dar aulas… Hoje gosto de todo desse universo mágico que é a capoeira! E assim é com diversas coisas que encontro em minha vida!

Todo esse rodeio foi para falar da minha relação com o Break. Não sou B. Boy, mas admiro muito os caras! Comecei a olhar os vídeos por causa dos powermoves (movimentos acrobáticos com o flare, air flare, moinho, handpsin, etc.
Hoje  curto um top rock bem executado, um foot work fluído e por aí vai!
Me deparei com esse vídeo de uma batalha de B. Boys explorando apenas a dança. Impressionante o domínio, criatividade e improviso dos caras!

E vocês, o que acham disso?

PS:  Pessoal do meu blog vai ficar maluco que postei aqui e não postei lá! Hahahahaha!

Aquele abraço, pessoal!
Fiquem com Deus! Até a próxima!

Deixe uma resposta